quinta-feira, 29 de março de 2012

sábado, 24 de março de 2012

Ghost

Hoje foi um daqueles dias em que me senti transparente...

Já nada do que me é "atirado eu sinto" já não me trespassa a carne, nem me atravessa como a antiga dor me esventrava completamente o sentimento e a alma...

Hoje senti-me diferente...Quando aquilo que me magoa e me mói veio direito a mim veio tão depressa que quase nem o senti...Fiquei em estado de apatia, em estado quase catatónico...

Quando a flecha da rejeição veio direita a mim como um punhal prestes rasgar todos os tecidos celulares da chama desta vez senti-me um fantasma...Senti não sentindo...

O tema já me pesa...O cansaço invade-me o corpo e tudo o que consigo sentir...Nem sei se vez alguma tornarei a sentir....E vagueio por esse universo imenso que é o poço da minha mente...Já não sei o que sou....

Já nem me desiludo porque as facadas são uma constante no meio disto tudo...